Mensagem do Conselho

A 08 de abril de 2019, tomaram posse os órgãos sociais da Infraestruturas de Cabo Verde, SA (ICV, SA) tendo como missão a PROMOÇÃO DA INFRAESTRUTURAÇÃO SUSTENTÁVEL DE CABO VERDE.

Esta missão, além de nortear este Plano de Negócios, é a inspiração da visão que o Conselho de Administração tem para Infraestruturas de Cabo Verde, SA: a sua afirmação como a entidade responsável pelo planeamento e execução de infraestruturas públicas, em 2021.

A concretização desta visão trará ganhos para o país, que podem ser traduzidos em resultados concretos para a sociedade, que tem como fim último o desenvolvimento do país, são eles:

Redução das perdas económicas e outras, relacionadas com procedimentos deficientes de planeamento, gestão de execução e manutenção de infraestruturas;
Maior confiança por parte dos agentes económicos e da população em geral, no que se refere aos processos de planeamento, contratação, execução, fiscalização de obras públicas;
Acesso à informação sobre as infraestruturas do país, permitindo a elaboração de políticas integradas e equilibradas para o setor;
Para obter esses resultados a atuação do Conselho de Administração deverá incidir sobre 5 processos internos críticos: consolidação da estrutura corporativa; valorização e capacitação dos Recursos Humanos; criação e implementação de manuais de procedimentos; implementação de um sistema de gestão da informação; assegurar a sustentabilidade financeira da entidade; e será pautada pelos princípios da EFICIÊNCIA, da EFICÁCIA, do RIGOR, da TRANSPARÊNCIA, da QUALIDADE e da INOVAÇÃO.

Com essa atuação o Conselho de Administração pretende atingir os objetivos estratégicos para o triênio 2019-2021, que são:

(1) Assegurar a operacionalidade plena da Infraestruturas de Cabo Verde;

(2)Garantir a gestão eficiente e transparente das obras públicas

(3) Apoiar na definição e implementação de políticas de infraestruturação

A esses objetivos estratégicos estão associadas metas ambiciosas, começando pela gestão única de todas as obras, projetos/estudos de infraestruturas; passando pela redução para 60 dias do tempo decorrido entre o anúncio de um concurso público e a assinatura do referido contrato; até à gestão eletrônica de 100% dos contratos de empreitadas.

Por fim, o Conselho de Administração mantém a forte convicção de que contará com os colaboradoes do Ministério das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, cuja experiência e know-how serão os ativos mais importantes da ICV nestes 3 anos de muito trabalho, portanto, a palavra de ordem é mãos à obra!